Weby shortcut

Dissertações

Por GILSON CARLOS Atualizado em 05/04/18 11:18.

Defesas agendadas

Mestrando: Ricardo Sartori Cella

Título: Do dano à inelegibilidade: um estudo na prestação de contas de gestão dos poderes executivos municipais do Estado de Goiás.

Orientadora: Profa. Dra. Michele Rílany Rodrigues Machado

Data: 12/03/2018, 9 horas

Local/horário: Sala 2110 da FACE, 9 horas

Banca Examinadora:

Profa. Dr. Michele Rílany R. Machado (UFG),  Prof. Dr. Ercilio Zanolla e Prof. Dr. Ivan Ricardo Gartner (UnB)

 

Mestranda: Thaisa Renata dos Santos 

Título: Avaliação de desempenho e remuneração de executivos em empresas familiares brasileiras.

Orientador: Prof. Dr. Júlio Orestes da Silva

Data: 27/02/2018

Local/horário: Sala 2110 da FACE, 16 horas

Banca Examinadora:

Prof. Dr. Júlio Orestes da Silva (UFG),  Profa. Dra. Daiana Paula Pimenta e Profa. Dra. Rosimeire Pimentel Gonzaga (UFES)

 

Mestranda: Marília Paranaíba Ferreira (Realizada)

Título: Análise da Retenção de Caixa e Alavancagem Financeira como Recursos Complementares ou Substitutos nas Empresas Brasileiras de Capital Aberto.

Orientador: Prof. Dr. Ercilio Zanolla

Data: 20/02/2018

Local/horário: Sala 2110 da FACE, 14 horas

Banca Examinadora:

Prof. Dr. Ercilio Zanolla (UFG), Profa. Dra. Michele Rílany R. Machado (UFG) e César Augusto Tibúrcio Silva (UnB)

 

Defesas realizadas

Mestranda

Marília Paranaíba Ferreira

Título

ANÁLISE DA RETENÇÃO DE CAIXA E ALAVANCAGEM FINANCEIRA COMO RECURSOS COMPLEMENTARES OU SUBSTITUTOS NAS EMPRESAS BRASILEIRAS DE CAPITAL ABERTO.

Resumo

Esta pesquisa investigou se as empresas brasileiras de capital aberto classificadas em financeiramente restritas e irrestritas utilizaram as reservas de caixa e a alavancagem financeira de forma complementar ou substituta e se as empresas financeiramente restritas mantiveram mais caixa do que as irrestritas no período entre janeiro de 2010 e dezembro de 2016. Os dados foram coletados por trimestre na base da Economatica® e a técnica de análise fatorial por componentes principais foi adotada para classificar as empresas em restritas e irrestritas. A amostra com 108 empresas, 55 restritas e 53 irrestritas, foi analisada por meio de regressões múltiplas com dados em painel não balanceado e os resultados indicaram que i) as empresas brasileiras financeiramente restritas retêm, em média, mais caixa do que as irrestritas; ii) as reservas de caixa e a alavancagem financeira são fontes de financiamento substitutas nas empresas financeiramente irrestritas e iii) nas empresas brasileiras financeiramente restritas as reservas de caixa e a alavancagem financeira são fontes de financiamento complementares. A contribuição teórica deste estudo é a construção de uma perspectiva diferente das teorias Trade-Off Pecking Order, no sentido de que a primeira trata os recursos como complementares e a segunda como substitutos, e a empírica está na escolha do método utilizado para segregar as empresas em financeiramente restritas e irrestritas.

Palavras-chave: Alavancagem Financeira. Restrições Financeiras. Recursos Complementares. Recursos Substitutos

Abstract

This research investigated whether Brazilian publicly traded companies classified as financially restricted and unrestricted used cash holdings and financial leverage in a complementary or substitutive way, and if the financially restricted companies kept more cash than the unrestricted ones in the period between January 2010 and December 2016. The data were collected quarterly on the basis of Economatica® and the principal components factorial analysis technique was adopted to classify the companies in restricted and unrestricted. The sample with 108 companies, 55 restricted and 53 unrestricted, was analyzed through multiple regressions with unbalanced panel data and the results indicated that i) the Brazilian financially restricted companies retain, on average, more cash than unrestricted ones; ii) cash holdings and financial leverage are substitute sources of finance in financially unrestricted companies; and iii) in Brazilian financially restricted companies, cash holdings and financial leverage are complementary sources of financing. The theoretical contribution of this study is the construction of a different perspective of the Trade-Off and Pecking Order theories, in the sense that the former treats the resources as complementary and the second as substitutes, and the empirical is in the choice of the method used to segregate the companies in financially restricted and unrestricted.

Keywords: Cash Holdings. Financial Laverage. Financial Restrictions. Complementary Resources. Replacement Resources.

Orientador: Prof. Dr. Ercilio Zanolla

Banca Examinadora:

Prof. Dr. Ercilio Zanolla (Presidente)

Profa. Dra. Michele Rílany Rodrigues Machado (PPGCC/UFG)

Prof. Dr. Cesar Augusto Tiburcio Silva (PPGA/UnB)

Data/horário da defesa: 20 de fevereiro de 2018, 14h30min

Listar Todas Voltar